Google+ Followers

terça-feira, 9 de novembro de 2010

'Esquece tudo o que te disse'

Muitas vezes dizemos coisas que não queremos. E isto é o que dizemos quando dizemos coisas que não queremos. No fundo, o que queremos dizer, quando dizemos coisas que não queremos, é mesmo o que acabamos por dizer. Ficou confuso? Eu também.

A verdade sai sempre em momentos de Terror ou de Amor. Simplesmente naquela altura fazia sentido, mesmo que por um momento. Pode ser feio e agressivo ou piroso e irritante mas temos que o dizer. Parece que engolimos o soro da verdade e queremos travar as palavras, impedí-las de sair mas não há nada a fazer. Tarde demais. '...ups, saíu-me!'
Depois não podemos fazer nem rewind nem undo. Já está. Só podemos dizer 'lamento imenso tudo o que te disse, não era minha intenção', bla, bla, bla ou se for noutro contexto, o contexto amoroso, mais piroso, podemos e devemos dizer (ainda com vergonha por nos lembrarmos do que dissemos...), 'Esquece tudo o que te disse. Foi bom enquanto durou a piroseira, mas agora temos que voltar ao normal.'
Ninguém aguenta muito tempo a dizer tanta verdade nua, crua e dura. E foleira. 

Verdade sim, mas com tento na língua.

1 comentário:

athenriques disse...

Muitas vezes não dizemos as coisas que queremos dizer. É outro ponto de vista.